Darwin perde a cabeça e é expulso mas Díaz evita derrota do Liverpool com golo do outro Mundo

blogvisaodemercado.pt 50 days ago
Noite de desinspiração dos Reds, agravada pelo ato irrefletido de Darwin, que, além de ter abusado das perdas de bola e desperdícios na área contrária, acabou expulso e dificultou ainda mais a vida da equipa. Valeu Diaz, que inventou o empate num lance ao alcance de poucos. No entanto, o Liverpool continua sem vencer na Premier League e está já a quatro pontos do rival City, o que se torna ainda mais complicado se analisarmos as dificuldades da equipa em criar oportunidades e também no processo defensivo. Nos Eagles, Zaha marcou e teve nos pés a hipótese do 2-1 (bola no poste com a baliza quase deserta), ao passo que a dupla Andersen-Guehi foi uma muralha (o dinamarquês ainda fez expulsar Darwin).

O Liverpool empatou 1-1, em casa, com o Crystal Palace e continua sem vencer no campeonato. Os Eagles adiantaram-se aos 32 minutos por Zaha e a situação complicou-se para os Reds depois de Darwin agredir Andersen com uma cabeçada, aos 57′, e receber ordem de expulsão. No entanto, Luis Díaz inventou um golo aos 61′, depois de driblar vários defesas, sendo que Fábio Carvalho entrou aos 79′ e esteve perto de dar o triunfo, já depois de Zaha ter acertado no poste. Contudo, nove anos depois, o Liverpool volta a não vencer o primeiro jogo da Premier League em Anfield.

XI Liverpool: Alisson, Alexander-Arnold, Phillips, Van Dijk, Robertson, Elliott, Fabinho, Milner, Salah, Darwin e Luis Díaz.
XI Crystal Palace: Guaita, Clyne, Ward, Guehi, Andersen, Mitchell, Doucouré, Schlupp, Eze, Zaha e Ayew.