«Há respeito muito grande pelo Benfica, FC Porto e Sporting, chega a ser medo»

iol.pt 40 days ago

A opinião de Igor Julião, jogador do Vizela

Zaidu e Igor Julião no FC Porto-Vizela

Igor Julião, defesa do Vizela, assumiu que a adaptação ao futebol português foi difícil e, em entrevista ao Lance, comentou que em Portugal existe «respeito muito grande pelo Benfica, FC Porto e Sporting» e que «chega a ser um medo» o sentimento que há.

O lateral, que passou pelo Fluminense, tinha jogado no Kansas City, dos EUA, e no STK Samorim, da Eslováquia, mas não hesitou ao escolher a Liga como a experiência mais complicada.

«Portugal foi o local em que senti mais dificuldade. É outro desporto. O futebol lá é muito mais dinâmico. Mas há uma diferença muito grande que eu notei que é um respeito muito grande pelo Benfica, FC Porto e Sporting. Chega a ser um medo. Eles são criados com uma cultura assim, pois o país respira os grandes clubes», disse.

De resto, o defesa acredita que o Vizela pode não estar na disputa pela permanência, «mas lutar do meio da tabela para cima, quem sabe beliscar uma vaga numa competição europeia». Igor Juliao acrescentou: «Nao queremos saber se é o Benfica ou o FC Porto. Aqui não há isso de olhar de baixo para cima. Eu perdia e ficava mal, mas o adepto ficava satisfeito quando a equipa fazia um bom jogo.»

Por fim, o lateral confessou que não pensa sair de Portugal e até lidou com a pergunta com humor.

«Eu até brinco que os anos que o futebol brasileiro me tirou psicologicamente, estou a recuperar lá (em Portugal), pois tenho qualidade de vida, jogo num bom campeonato. Aqui no Brasil, você ouve um treinador, ele passa uma ideia, mas após três resultados ruins, é mandado embora. Você não se consegue adaptar, os adeptos já estão na porta do seu Centro de Estágio a gritar. É difícil essa atmosfera que envolve o futebol brasileiro.»