Amorim critica Marselha: "É perder um bocadinho a noção"

sapo.pt 61 days ago

Treinador do Sporting comentou o atraso da equipa na chegada ao estádio.

Amorim critica Marselha:
Os dois treinadores em ação EPA/Guillaume Horcajuelo

O Marselha-Sporting começou ainda antes do apito inicial. O trânsito e a pouca coordenação da polícia levou os leões a chegarem atrasados ao Vélodrome, o que levou o jogo a começar com cerca de vinte minutos de atraso.

Rúben Amorim comentou a situação, lamentando o sucedido, mas não utilizando o incidente como justificação.

"Deveu-se ao trânsito e há uma reunião antes entre todos os membros do Sporting, Marselha e UEFA que explicam o que é preciso. Houve algo que foi estudado. Quando ficamos presos no trânsito, não temos culpa. Não há nada a fazer. Despachámos a equipa em 45 minutos. Não quero ninguém do Sporting a queixar-se disso", disse Amorim.

O técnico leonino aproveitou para deixar uma farpa à postura crítica do Marselha perante a situação; os responsáveis do clube francês, tal como o treinador Igor Tudor, criticaram os leões pela morosidade nos balneários, algo de que Amorim não gostou.

"Faltou um pouco de humildade do Marselha no tom com que falaram. É perder um bocadinho a noção. Falamos tantas vezes no negócio, falou-se na Superliga Europeia, que é só dinheiro e agora é a mesma coisa. Não se pensou nos jogadores. Nós é que fomos prejudicados. Sei que é chato para o Marselha, mas não temos culpa. Lamentamos muito o nosso atraso, mas fizemos tudo com as regras. E depois não o conseguimos", concluiu o treinador.

O Sporting saiu de Marselha derrotado por 4-1, num jogo que se realizou à porta fechada.

Pergunta do Dia

Mais informações

Participou nesta votação.

Neste artigo

Comentários

Entre com a sua conta do Facebook ou registe-se para ver e comentar